Numa conversa com um amigo fui tocada por um incômodo entre o que ouvia e o que percebia em suas  expressões corporais.  Com uma voz monocórdia ele falava sobre sua promoção, destacando a  possibilidade de crescimento, o aumento de salário, de status e de muitos outros vantajosos benefícios oferecidos por sua empresa.  Um emprego dos sonhos!
Ao mesmo tempo em que falava que iria aumentar sua renda mensal e ter mais possibilidades de viajar todo semestre, comprar uma casa própria, ter o atual e melhor carro do mercado, pagar a melhor e mais cara escola da cidade para os futuros filhos, etc., suas feições eram de desânimo e tristeza.
Onde será que essa tristeza se encaixaria nessa história de sucesso profissional?
            Nosso corpo fala. Disso não tenho dúvidas. O corpo dele estava falando naquele momento comigo e com ele próprio. Estava dizendo que aquela história não era tanto de sucesso assim… A diferença era que eu estava prestando atenção naquela linguagem, mas meu amigo não estava se dando conta. Ele não estava se percebendo, percebendo que o movimento do seu corpo não condizia com seu discurso verbal. Sua voz estremecida, baixa e sem empolgação; seu olhar caído, triste e cansado; seu corpo fechado e como se a gravidade estivesse fazendo mais força que o normal… Não combinavam com as coisas que me contava.
Existem dois tipos de linguagem: a verbal e a não verbal. No entanto, elas surgem de um mesmo organismo. E por isso, quando elas são incongruentes, causam incômodo não só para quem escuta, mas principalmente para quem fala. Afinal, a médio e longo prazo, essa dissonância pode se transformar em disfunção e doença. Precisamos nos dar conta de nossas experiências de uma forma integrada: o que falamos, o que expressamos e  o que sentimos. 
Conversa vai, conversa vem, juntos, eu e meu amigo, percebemos que havia, nessa promoção, uma linha tênua entre o sonho e o pesadelo.
Redação: Thatianna Ramos Cunha Pinheiro – Psicóloga – CRP 05/ 47959 
Edição: Janete Rocha de Oliveira – Psicóloga e Hipnoterapeuta-  CRP 05/ 45757